Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NutriOn - Nutrição & Alimentação

11
Nov16

"Elas querem-se é quentes e boas"

Ana Salomé Patrício

castanhas2 (3).jpg

 

Chegou o S. Martinho e com ele o feriado municipal do concelho de Torres Vedras!

Neste mês de Novembro, verifica-se um maior consumo da castanha.

 

A castanha é um alimento versátil, habitualmente ingerido cozido ou assado.

Pode ser utilizada como acompanhamento de pratos (assadas, cozidas ou em puré), ou ainda ser utilizada como substituto total das batatas, massa ou arroz, no âmbito de uma alimentação completa, variada e equilibrada. Isto, porque embora seja um fruto, a sua riqueza em amido, torna a castanha semelhante do ponto de vista nutricional, aos alimentos pertencentes ao grupo dos cereais e derivados, tubérculos da Roda dos Alimentos.

A sua composição nutricional é variável consoante a forma de preparação ou confeção.

 

A castanha é caracterizada nutricionalmente por:

  • Elevado teor em hidratos de carbono complexos (destaca-se a quantidade de amido);
  • Excelente fonte de energia;
  • Fonte de fibra alimentar;
  • Riqueza em água;
  • Baixo teor em gordura (não apresenta colesterol na composição);
  • Fonte apreciável de vitaminas (nomeadamente a vitamina C e folatos) e minerais (essencialmente potássio, fósforo e magnésio);
  • Teor considerável de polifenóis.

 

É importante destacar que uma porção de castanhas (10 castanhas) com apenas 179 kcal fornece metade da dose diária recomendada de vitamina C.

Na altura de escolher, prefira as que têm pele lisa e brilhante, sem imperfeições (cortes ou fissuras) e textura firme ao toque.

 

A castanha é um fruto tradicional, aproveite a época delas!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D